2ª EDIÇÃO

EM BREVE!

Instituto de Ciências Biológicas

Universidade de Brasília

 

O  Projeto

Histórico

O projeto original denominado “Meninas com Ciência” teve seu lançamento em 2016 no Museu Nacional/UFRJ, abordando temas como Paleontologia e Geologia, e alcançou sua 5ª edição no primeiro semestre de 2019.

O sucesso gerado por esta iniciativa incentivou parcerias com outras instituições, havendo edições em São Paulo, com pesquisadores da UFScar e USP, e MPEG.

Outros projetos similares, ainda que com público-alvo de faixas etárias distintas, também foram e estão sendo promovidos em outras instituições como UFRGS, sob o mesmo objetivo: aumentar a representatividade de mulheres na ciência.

Edição 

Universidade de Brasília

Chegando com sua 1ª edição em Brasília, o projeto "Meninas na Ciência" tem por objetivo estimular meninas do ensino fundamental, de escolas públicas e particulares, a despertar o interesse pela ciência, por meio da realização de atividades lúdicas que serão ministradas por docentes e pesquisadoras do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília. 

 

As atividades permitem que as participantes tenham a oportunidade de conhecer mulheres cientistas que as introduzirão ao senso crítico que forma toda cientista, tornando o evento fundamental para a divulgação científica e a inclusão das alunas no meio acadêmico.

 

Inscrições

Gostou do projeto e quer participar? É muito fácil!

Com que frequência acontecem as edições?

O Meninas na Ciência - Universidade de Brasília acontece uma vez por semestre, e as inscrições são realizadas sempre da mesma forma. As atividades duram dois sábados.

Como me inscrevo?

Uma vez abertas, as inscrições são realizadas através de formulário online.

 

Quem pode participar?

Toda menina que tenha entre 11 e 15 anos, regularmente matriculada do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e que possa participar dos dois dias de atividade. É necessário preencher todos os requisitos para participar do Projeto!

Sorteio

Após o encerramento do período para inscrições, as candidatas são separadas em duas planilhas: uma para Escolas Públicas e outra para Escolas Particulares. Cada uma recebe um número, que será divulgado no site antes do sorteio.

O sorteio é realizado pela página Sorteador e as imagens com o resultado são divulgadas nas nossas páginas e redes sociais.

Sorteamos 60 números. Os primeiros 40 (20 para escolas públicas e 20 para escolas particulares) preencherão as vagas para as atividades da edição em questão. Os outros 20 (10 para escolas públicas e 10 para escolas particulares) comporão a lista de espera. 

 

Contribua

A organização do Meninas na Ciência-UnB conta com a infraestrutura fornecida pelo Instituto de Ciências Biológicas (IB) da Universidade de Brasília, que apoia o evento como sua sede principal.

 

Esse tipo de evento não é o mesmo sem o envolvimento da comunidade como um todo: alunos, professores, pesquisadores, coordenadores e apoiadores. Sendo assim, acreditamos que você pode nos ajudar a concretizar esse projeto!

 

Convidamos sua empresa a patrocinar a realização desse evento científico: como parceria, podemos divulgar sua marca para escolas, pais, professores da UnB e de outros estados, pós-graduandos e futuros profissionais na área de Ciências Biológicas.

O patrocínio não precisa ser estritamente financeiro, mas também em forma de brindes ou algo que deseje contribuir!

Entre em contato com o projeto Meninas na Ciência - UnB e faça parte do evento!

Você também pode ajudar a financiar o projeto por meio de nossa vaquinha

 

Comissão Organizadora

Que tal conhecer um pouquinho das cientistas que organizam o Projeto?

Coordenadoras

Bióloga, mestre, doutora e pós-doutora em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ. Atualmente é docente e pesquisadora do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília, trabalhando principalmente em projetos de pesquisa relacionados à anatomia e evolução de répteis viventes.

angele martins

Médica veterinária, mestre e doutora em reprodução animal pela Universidade de Brasília (UnB), pós-doutora em reprodução humana pela Université Catholique de Louvain (UCL- Bélgica) e em fisiologia/nanotecnologia pela UnB. Atualmente é docente e pesquisadora do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília, trabalhando principalmente em projetos de pesquisa relacionados à fisiologia e reprodução.

fernanda paulini

equipe

Bióloga formada na Universidade de Brasília (UnB). Atualmente, mestranda da UnB pelo programa de Biologia Animal, com projetos voltados para a área de genética, com foco em mutagênese e ecotoxicologia.

Tathyana Benetis

25 anos, mãe, Bióloga e Professora. Formada em Ciências Biológicas pela UnB - Licenciatura e Bacharelado). Atualmente, aluna de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, trabalhando com Reprodução Animal e Endocrinologia.

aline queiroz

Bióloga pela Universidade de Brasília e mestranda em Neurociências pela mesma universidade.  Realiza estudos na área de  Neuropsicofarmacologia e Comportamento Animal, atuando com modelos primatas de transtornos psiquiátricos.

mariana bicalho

Enfermeira, mestre em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília e doutoranda em Biologia Animal pela mesma universidade. Atua na área de comportamento animal e transtorno psiquiátrico com saguis do cerrado em modelos de esquizofrenia.

lorena rocha

Sou Bióloga formada pela Universidade de Brasília e, recentemente, fui aprovada no curso de mestrado da Biologia Animal da UnB. Meu projeto é sobre transplantes de tecido ovariano de gatas e a utilização de um hormônio chamado eritropoietina para atingir melhores resultados com esse procedimento.

isabella monteiro

Bióloga formada pela Universidade de Brasília. Atualmente, aluna de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde pela mesma universidade. Atua na área de neurociências e comportamento animal.

luana alves

Cursa Ciências Biológicas na Universidade de Brasília e é estagiária do Laboratório de Anatomia Comparativa dos Vertebrados (LACV). Trabalha em projetos relacionados à anatomia, taxonomia e filogenia de serpentes Scolecophidia. Participa do projeto Atlas Fotográfico de Anatomia Comparativa de Vertebrados, que produz  e-books fotográficos de anatomia.

ana carolina martins

Sou aluna de Biotecnologia na Universidade de Brasília e faço estágio no Laboratório de Reprodução Animal e Endocrinologia, onde trabalho com preservação da atividade reprodutora após tratamento de câncer e com preservação animal.

Beatriz Aguiar

FICOU COM ALGUMA DÚVIDA?

Entre em contato com o

Meninas na Ciência - UnB através dos ícones abaixo!

CONHEÇA NOSSOS COLABORADORES!

logo lucas kuster_Prancheta 1.png
  • Instagram
  • Facebook
  • gmail1_editado_editado_editado
  • Facebook ícone social
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now